Reprodução Reprodução

Pelo menos 6 municípios já decretaram situação de emergência por conta do intenso volumes de chuvas em Mato Grosso. Algumas cidades registram pontos críticos de alagamentos.

De acordo com o levantamento realizado pelo GD, até o momento o "alerta vermelho" foi acionado pelas prefeituras de Vila Rica, Porto Alegre do Norte, Paranatinga, Nova Bandeirantes, Santa Terezinha e Confresa. O decreto de emergência possibilita que os município tenham acesso a mais recursos para adotar ações de emergência no período chuvoso.

"Ficam dispensados de licitação os contratos deaquisição de bens necessários às atividades de resposta ao desastre, de prestação de serviços e de obras relacionadas com a reabilitação dos cenários dos desastres, desde que possam ser concluídas no prazo máximo de cento e oitenta dias consecutivos e ininterruptos, contados a partir da caracterização do desastre, vedada a prorrogação dos contratos".

No documento os municípios citam que as fortes chuvas destruíram pontes e parte das estradas. Em algumas cidades, os rios córregos e acabaram transbordando e inundando diversos bairros.


Entre as cidades mais afetadas está o município de Paranatinga (378 km ao sul de Cuiabá). Moradores da região ficaram isolados devido ao alagamento, além de prejuízos no escoamento de produção agrícola das regiões, pontes e estradas destruídas.

Segundo divulgado pela prefeitura, a Defesa Civil do Estado atua no município e servidores fazem levantamento dos estragos causados pela chuva e valores para reparos na cidade, além de medidas para minimizar dados em temporais futuros.

 CLIQUE AQUI E PARTICIPE DE NOSSOS GRUPOS DE WHATSAPP