Reprodução Reprodução

Um crime cruel e perverso que chocou a cidade de Aragarças-GO, na divisa com Mato Grosso. Adair da Silva Souza matou com aproximadamente dez facadas a companheira Aurea Tatiany de Jesus Marques, de 22 anos. O crime aconteceu provavelmente na manhã de segunda-feira (17/1) no setor Base Velha, mas foi descoberto pelo pai da vítima já à noite quando entrou na casa da filha.
 
Segundo informações, Adair matou a esposa cedo, fechou a casa e quando estava saindo pediu carona para um vizinho de carro que passava em frente a residência. Na sequência, Adair desceu num supermercado perto da Praça do Peixe e supostamente pegou um mototáxi até a rodoviária de Barra do Garças onde embarcou num ônibus para Goiânia.

A Polícia Militar e a Polícia Civil de Aragarças estão empenhadas para prender esse criminoso e já avisaram a polícia tanto de Goiânia como também de Canarana onde Adair tem familiares ou até mesmo Tocantins, pois é natural de Araguatins.
 
A polícia tem informações que Adair é perigosíssimo e já matou outra pessoa a facadas no passado e puxou cadeia em Goiânia onde conheceu Áurea. A vítima morava com a mãe em Goiânia. Após se conhecerem em dezembro do ano passado, decidiram se mudar para Aragarças onde mora o pai de Áurea. E o que torna essa história mais triste ainda, a vítima tem 3 filhos e estaria grávida de dois ou três meses.

Pedimos a comunidade se tiver alguma informação sobre o paradeiro de Adair que entre em contato com a Polícia Militar pelo 190 ou a Polícia Civil de sua cidade no sentido de ajudar na prisão deste criminoso. Foram dois feminicídios no mesmo dia na região do Oeste Goiano.