Um caso de violência e barbaridade aconteceu na noite de sexta-feira (23), na cidade de Tangará da Serra (242 km de Cuiabá), quando quatro adolescentes espancaram uma mulher que trabalha como motorista de aplicativo. Após o roubo, os adolescentes foram apreendidos e a mãe de um dos menores acabou batendo nele na delegacia.

Segundo as informações locais, a vítima aceitou o chamado de corrida por volta das 22h no bairro Barcelona. Após algum tempo do trajeto, os adolescentes anunciaram o roubo contra a vítima. Os adolescentes assumiram a direção do veículo e seguiram para a MT 480, sentido Desciolândia. Durante o trajeto até a rodovia, a mulher foi brutalmente espancada e torturada pelos bandidos. Já próximo ao Rio Sepotuba, os adolescentes quiseram matar a vítima identificada como Márcia Gonçalves Angola.

A mulher se fingiu de morta, e os criminosos jogaram a vítima no rio e fugiram com o carro dela. A vítima após algumas horas e perceber que os ladrões tinham ido embora, saiu perambulando procurando ajuda médica e socorro. A mulher recebeu atendimento médico e relatou o ocorrido para a Polícia Militar que iniciou as buscas já na madrugada de sábado (24).

Pela manhã, a polícia conseguiu localizar dois dos ladrões que acabaram entregando os demais comparsas. Na tarde deste sábado, em ação integrada que envolveu Polícia Militar e Polícia Civil,  cinco adolescentesforam apreendidos, todos suspeitos de participarem do roubo. Na delegacia, a mãe de um adolescente se revoltou com a atitude do filho e começou a bater nele e lhe dando um corretivo.

Os criminosos seguem à disposição da Justiça. A vítima de roubo agradeceu o empenho dos policiais e a sua recuperação e ajuda recebida. 

Veja o Video Clicando AQUI

 

Reprodução: Estadão do Mato Grosso