Reprodução Reprodução

Ex-comandante geral da Polícia Militar, o coronel Jorge Luiz de Magalhães morreu na tarde desta segunda-feira (6) aos 53 anos. Ele teve um mal súbito ao passar por um cateterismo num hospital particular de Cuiabá.

 

Ainda não há confirmação sobre o que teria ocorrido no procedimento, considerado simples nos dias atuais. 

Jorge Luiz de Magalhães era um militar de destaque na Polícia Militar. Ela cuiabano do bairro Dom Aquino e chegou ao cargo de comandante-geral da PM em dezembro de 2016, na gestão de Pedro Taques. Antes disso, comandou diversos batalhões pelo Estado.

Ficou no comando-geral por cerca de 8 meses, repassando ao posto ao coronel Marcos da Cunha.

Em 2018, Jorge Luiz disputou uma vaga à Câmara dos Deputados pelo PSD. Recebeu pouco mais de 14 mil votos e ficou na suplência.

Atualmente, estava na chefia do Gabinete de Segurança Institucional, vinculado ao Ministério Público Estadual.

 A Polícia Militar e o Ministério Público emitiram nota lamentando a morte do coronel.

Veja a nota da PM:

É com profundo pesar que a Polícia Militar de Mato Grosso informa o falecimento do ex-comandante da PMMT, coronel Jorge Luiz de Magalhães, de 53 anos, no início da noite desta segunda-feira (06.12), na Capital.  

Coronel Jorge Luiz passava por um procedimento de cateterismo no Hospital São Mateus, quando sofreu uma parada cardíaca e não resistiu. O policial militar ingressou na instituição no ano de 1991. Comandou importantes unidades da PMMT na região metropolitana e no interior do Estado, além de conquistar o mais alto cargo da instituição, o de comandante–geral da PMMT, nos anos de 2016 a 2017. Atualmente, Jorge Luiz estava trabalhando na Coordenadoria Militar do Ministério Público Estadual. 

Para o comandante–geral da PMMT, coronel Jonildo José de Assis, o ex-comandante deixa seu legado na história da corporação. “O coronel Jorge Luiz formou na Polícia Militar do Estado de Goiás, serviu em unidades importantes, como o 1º Comando Regional de Cuiabá, Água Boa, e tantas outros Batalhões. É sem dúvida uma grande perda para nossa instituição”.  

O Comando Geral da Polícia Militar e toda sua tropa lamenta a repentina perda do oficial, que deixa esposa e filhos, para os quais oferece apoio e as mais sinceras condolências. Para se despedir do valoroso militar, a PM está organizando o cortejo fúnebre para prestar as merecidas honras militares ao coronel.

Veja a nota do Ministério Público Estadual:

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso comunica o falecimento do chefe de Gabinete de Segurança Institucional, Cel PM Jorge Luiz de Magalhães, 53 anos, ocorrido nesta segunda-feira (06), durante procedimento médico. O procurador-geral de Justiça, José Antonio Borges Pereira, afirmou que a instituição decretará luto oficial por três dias.

Na função de chefe do Gabinete de Segurança Institucional do MPMT desde 2019, o Cel Jorge Luiz de Magalhães era querido e respeitado por todos. “Extremamente competente, discreto e transparente são características que bem definem o Cel Jorge Luiz. Era um grande amigo e foi meu aluno de graduação na Universidade de Cuiabá. A notícia de sua morte pegou a todos de surpresa e deixa muita tristeza em nossa instituição”, lamentou o procurador-geral de Justiça.

CLIQUE AQUI E PARTICIPE DE NOSSOS GRUPOS DE WHATSAPP