Manaure Quintero / ReutersManaure Quintero / Reuters

O governo dos Estados Unidos anunciou nesta quinta-feira (26) que está oferecendo US$ 15 milhões (R$ 76 milhões) como recompensa por informações que levem à captura do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, e que estipulou valores também para a prisão de outros integrantes do alto escalão chavista.

Por Diosdado Cabello, presidente da Assembleia Nacional Constituinte — o Parlamento oficial do país sul-americano — e braço direito do mandatário venezuelano, o valor é de US$ 10 milhões (R$ 50,7 milhões).