Banner Agro

Reprodução Reprodução

Os últimos dias não tem sido fáceis para a população que cruza o trecho, de um pouco mais de 120 km da BR-158.
Devido as fortes chuvas e falta de infraestrutura, alguns pontos da rodovia se encontram intransitáveis. A estrada está inundando e a lama esconde os buracos que se transformam em uma verdadeira armadilha.

Além do perigo eminente de quem precisa se arriscar a cruzar a BR, os motoristas relataram que gastam em média 6 à 8 horas para cruzar o trecho de 127 km não pavimentado.

A BR-158 atravessa o país de norte a sul, é a rodovia mais importante da região, além de ser o corredor de escoamento da produção de grãos do Vale Araguaia, o que torna urgente o investimento na infraestrutura da mesma.

O AN teve acesso a vídeos que mostram a situação, o perigo e os desafios que a população enfrenta ao cruzar o trecho. Veja:

 CLIQUE AQUI E PARTICIPE DE NOSSOS GRUPOS DE WHATSAPP