ReproduçãoReprodução

Quase 40% do milho que será colhido na safrinha do ano que vem no Norte Araguaia já estão vendidos. É o que mostra um relatório de mercado do Imea (Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária).

A "antecipação" das vendas em chamados "contratos futuros" é prática comum no agronegócio. Uma das maneiras que os produtores encontraram para pagar os custos das lavouras, fugindo dos financiamentos bancários.

Nos "contratos futuros" o produtor e o comprador determinam um valor pela saca, que já é pago, com o compromisso de entrega em data futura determinada.

O comprador assumiu o risco acreditando que no momento da entrega do grão o preço estará melhor do que quando ele pagou.

De acordo com o Imea, até hoje, 39,75% da expectativa de produção da safrinha no Norte Araguaia do ano que vem já foi vendida antecipadamente.